DEZ ANOS SE PASSARAM

 

Os que se superaram, chegaram onde queriam.

 

Lutámos contra as dificuldades e, no princípio, quando tudo era mais difícil e incerto, alguns que julgávamos amigos viraram-nos as costas, negando-se, às vezes com as desculpas mais esfarrapadas, a ajudar, nem que fosse com pequeníssimos gestos.

Aos firmes da primeira hora, àqueles que nunca regatearam sacrifícios, foram-se juntando milhares de cidadãos de todo o país, que perceberam que só unindo-nos podemos defender os direitos e interesses dos proprietários portugueses.

Unimo-nos para vencer, porque as coisas são o que são e não o que alguns charlatães nos querem fazer crer. Gente que é mais motivada pela prata do que pela pátria e a quem muito convém o obscurantismo generalizado.

A ANP nasceu fora do grupo das habituais organizações instaladas, benefíciárias do anquilosado sistema que continua a delapidar dinheiro às mãos cheias, sem nunca ter havido a preocupação de baixar os gastos públicos.

Nem Portugal nem os portugueses, e muito menos os proprietários – aqueles que pouparam para poder ter qualquer coisa a que possam chamar seu – merecem as arremetidas caprichosas de que têm sido vítimas, num misto de improvisação e irresponsabilidade.

Como de costume, quem vai pagar a fatura da inveja são os proprietários privados.

 

Dez anos não são dez dias!

 

Nestes dez anos dignificámos o movimento associativo dos proprietários e, como Associação que legítimamente defende a propriedade privada, não permitiremos que nos transformem na alcatifa aonde os outros vêm limpar os pés.

Na ANP, os proprietários portugueses podem continuar a contar com uma sólida organização associativa.

                                                                

 

 

 
................................................................
Copyright © 2018. ANP. Sede: Avenida 5 de Outubro, n.º 156-3.º 1050-062 Lisboa ---»Tel:211 990 589 Design by Jose Pinto - Todos os direitos reservados