DIREITO DE PREFERÊNCIA

NO ARRENDAMENTO URBANO

 

Tempo

O arrendatário habitacional ou não habitacional tem Direito de Preferência se o arrendamento tiver mais de dois anos.

 

Prazo

A resposta à carta registada com aviso de receção enviada pelo proprietário com a oferta é de 30 dias a contar da data da receção.

 

Inconstitucionalidade

Por força do acórdão do Tribunal Constitucional (TC) apenas dispõem do Direito de Preferência os arrendatários habitacionais ou não habitacionais que o sejam de fração autónoma ou da totalidade do prédio.

 

Compra em compropriedade

Caso o proprietário pretenda vender um imóvel não constituido em propriedade horizontal, podem os diversos arrendatários exercer os seus direitos de preferência em conjunto, adquirindo na proporção, a totalidade do imóvel em compropriedade.

 

Fontes:

Art.º 1091.º do Código Civil

Lei n.º 64/2018, de 29 de outubro

Acórdão do TC n º 299/2020, de 18 de setembro



 


 

 
................................................................
Copyright © 2022. ANP. Sede: Rua de Timor, n.º 6 C/V 1170-372 Lisboa Tel:211 990 589 Design by Jose Pinto - Todos os direitos reservados

Utilizamos cookies para lhe garantir uma melhor experiência de navegação no website. Ao utilizar o website, confirma que aceita o uso de cookies. Mais informações To find out more about the cookies we use and how to delete them, see our privacy policy.

I accept cookies from this site.
EU Cookie Directive plugin by www.channeldigital.co.uk